Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

BRP Chama: O vexame do caso Decotelli, a prorrogação do auxílio e o projeto das fake news

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Neste episódio do podcast BRP Chama, nossos editores, Vera Magalhães e Marcelo de Moraes, comentam um dos principais temas da semana: a passagem meteórica de Carlos Alberto Decotelli no Ministério da Educação. Com a revelação das inconsistências em seu currículo, nem a posse do indicado para suceder Abraham Weintraub na Pasta chegou a ocorrer. E depois de mais uma demissão, o MEC continua sem um futuro. Seria um retorno à ala olavista ou mais uma chance para que militares emplaquem um nome?

Nossos editores avaliam as possibilidades da próxima indicação no contexto da mudança do comportamento público do presidente depois da prisão de Fabrício Queiroz. Bolsonaro busca fugir das confusões, mas acaba escorregando mesmo quando tenta escolher um nome mais técnico. Para falar sobre a situação da Educação, o repórter Gustavo Zucchi conversou com a deputada professora Dorinha (DEM-TO).

Exergando uma chance de se equilibrar entre as crises de seu governo, o presidente prorroga o auxílio emergencial, que pode o ajudar a segurar uma base de apoio. E diante da crise econômica que atinge o Brasil, o ministro da Economia, Paulo Guedes, traz discurso otimista, desconectado da realidade econômica do País.

No Congresso, o polêmico projeto de lei das fake news segue para a Câmara dos Deputados após ter sido aprovado no Senado. O presidente já se posicionou contra e aventou a possibilidade de vetar a pauta. Em meio a tantas questões na política nacional, a pandemia segue. Os governos estaduais adotam medidas sem um protocolo seguro e unificado para a reabertura e o Brasil continua sem ministro da Saúde. Confira tudo isso no podcast, também nas principais plataformas (Spotify e Deezer)