Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Dante Mantovani é renomeado presidente da Funarte

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após dois meses afastado da função, o maestro Dante Mantovani foi renomeado presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). A recondução ao cargo está publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira, 5.

Foto: Reprodução/Youtube

Originalmente, o maestro foi indicado ao cargo por Roberto Alvim, antecessor da atriz Regina Duarte na Secretaria Nacional de Cultura. A exoneração de Mantovani fez parte da “limpa”na pasta pedida pela atriz antes de assumir a secretaria. A saída do maestro foi publicada na mesma data em que Regina foi nomeada.

Com dois meses no cargo, Regina passa por um processo de fritura dentro do governo. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro chegou a reclamar do fato de a atriz estar trabalhando de sua casa, em São Paulo. “Infelizmente a Regina está trabalhando pela internet ali e eu quero que ela esteja mais próxima. Uma excelente pessoa, um bom quadro, é também uma secretaria que era ministério, muita gente de esquerda, pregando ideologia de gênero, essas coisas todas que a sociedade, a massa da população não admite e ela tem dificuldade nesse sentido”, disse.

No currículo, Mantovani tem declarações controversas. Uma delas é a afirmação de que o “rock ativa as drogas, que ativam o sexo livre, que ativa a indústria do aborto, que ativa o satanismo”.

Tudo o que sabemos sobre:

Dante MantovaniJair BolsonaroRegina Duarte