Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

13º salário pode ser estendido a pessoas com deficiência e idosos

Equipe BR Político

Depois de o governo criar, para este ano, o 13º para inscritos no Bolsa Família, agora o Congresso discute a ampliação do benefício para idosos e pessoas com deficiência de baixa renda que já recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Também está em estudo tornar permanente o 13º para inscritos no Bolsa Família. Se avançar, o impacto da proposta para os cofres públicos poderá ser de R$ 7,5 bilhões ao ano, segundo o Estadão.

Em outubro, o presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória dando o 13.º salário a beneficiários do Bolsa Família neste ano. Como MP tem vigência de lei, o pagamento já está sendo feito. As duas propostas de mudança já discutidas por parlamentares foram incluídas no parecer do relator da matéria no Congresso, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

No governo, há resistência em apoiar a proposta, que ainda precisa passar por uma votação na comissão de deputados e senadores que discute o assunto e depois pelos plenários das duas Casa até dia 24 de março. Caberá a Bolsonaro sancionar ou vetar a alteração.