por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

200 dias de governo para a base

Equipe BR Político

O lema do governo de Jair Bolsonaro é: “menos Brasília, mais Brasil”, nos primeiros 200 dias de governo, no entanto, o Brasil beneficiado pelas principais decisões presidenciais  foi aquele que mais deu apoio para sua eleição no ano passado: militares, policiais, evangélicos, ruralistas e caminhoneiros. A prioridade dada a esses grupos virou motivo para ataques de partidos da oposição, que veem no gesto do Planalto uma estratégia de Bolsonaro manter o tom de campanha durante a gestão, fator que mantém a polarização política no País, segundo o Estadão.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, diz que Bolsonaro adotou um estilo de governar “sinalizando para suas bases eleitorais”. A oposição critica a postura do presidente. “Bolsonaro fez a opção de governar para os identificados com o bolsonarismo propriamente dito. Governa para um núcleo duro ligado a ele, deixando vários segmentos da sociedade sem atenção e fazendo até o contrário da demanda desses setores, alguns que votaram nele”, diz o senador Humberto Costa (PE), líder do PT.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonaroapoiogovernocampanha