Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

47% isentam Bolsonaro de culpa por 100 mil mortes, diz Datafolha

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após o Brasil superar a marca de 100 mil mortes em decorrência da covid-19 e, ainda sem ter uma estratégia coordenada pelo governo federal de combate à pandemia no País, pesquisa Datafolha revela que para 47% dos entrevistados, o presidente Jair Bolsonaro não é o responsável pelo número trágico.

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro Foto: Adriano Machado/Reuters

Os que acham que Bolsonaro tem responsabilidade somam 52%: são 11% os que o veem como principal culpado e 41% os que dizem que ele é um dos culpados, mas não o principal.

Ainda segundo a pesquisa, o porcentual dos que não responsabilizam o presidente pelas mortes é maior entre aqueles que consideram seu governo ótimo ou bom (80%) e entre os que votaram nele no segundo turno das eleições (64%). De forma inversa, entre os que consideram o atual governo ruim ou péssimo, 86% creem na responsabilidade parcial ou total do governante pelos óbitos.

O Datafolha ouviu 2.065 eleitores por telefone, nos dias 11 e 12 de agosto. A marca das 100 mil mortes pela covid-19 foi atingida no dia 8 de agosto.