Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

76,2% são contra demissão de Mandetta, aponta pesquisa

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

Prestes a ser demitido pelo presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, levará consigo o apoio popular adquirido ao longo de mais de dois meses de atuação no combate ao novo coronavírus. Enquanto isso, o presidente Bolsonaro é desaprovado por 58,2% da população. É o que indica pesquisa feita pelo Atlas Político.

É por isso que 76,2% dos entrevistados indicaram que são contra uma eventual demissão do ministro. Há semanas, Bolsonaro e Mandetta têm deixado explícita a crise entre eles. De um lado, o presidente critica as medidas restritivas adotadas no combate à pandemia e faz a defesa de medicamentos sem eficiência comprovada no tratamento da covid-19. Do outro, o ministro defende diariamente o isolamento social e prega que as ações devem ser baseadas na ciência.

Atualmente, segundo o Atlas Político, o ministro é o mais bem avaliado integrante do governo e tem o respaldo da população na defesa de medidas de isolamento social: 72,2% apoiam a quarentena durante a crise do novo coronavírus, mesmo com a queda de renda mensal, que é relatada por 51,6%, indica a pesquisa. O levantamento foi feito entre domingo e terça-feira, 14, e ouviu 2.000 pessoas recrutadas na internet. A margem de erro de 2 pontos para mais ou menos.