por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A estratégia por trás dos ataques ao vice

A estratégia por trás dos ataques dos filhos de Jair Bolsonaro ao vice-presidente Hamilton Mourão é mitigar o poder dos militares no governo. Em alentada reportagem, a Época mostra que os ataques sistemáticos do núcleo mais ideológico do governo e da família a Mourão e aos demais generais abre uma nova fase nesse governo ainda em início: retira a blindagem sobre a ala militar.

“Em pelo menos 12 postagens feitas entre segunda-feira 22 e quarta-feira 24, Carlos se referiu ao vice como “o tal Mourão”, afirmou achar “estranhíssimo” que ele se alinhe com políticos que “detestam” seu pai e criticou o fato de Mourão não abraçar a agenda do governo”, relembra a reportagem, que mostra a cronologia e os bastidores da crise.