Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A impunidade nas costas do povo

Equipe BR Político

A impunidade no Brasil costuma seguir um ciclo e, assim como na escultura A sobrevivência dos opulentos, de Jens Galschiot, quem carrega o peso de suas consequências é o povo, analisa Gil Castello Branco em texto no Globo.

Para o economista, vivemos “a Justiça dos privilégios, do foro Supremo, dos recursos infinitos, das prescrições e da impunidade”.

Tudo o que sabemos sobre:

impunidadecorrupção