Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: De volta ao leito do rio

Equipe BR Político

“O pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para que o Supremo Tribunal Federal reconheça a nulidade da decisão que homologou o acordo entre o Ministério Público Federal (MPF) e a Petrobrás, relativo a um fundo de investimento social para o combate à corrupção, pode ser mais que uma ocasião para corrigir um equívoco cometido pela força-tarefa da Lava Jato e a Justiça Federal de Curitiba. Na Ação por Descumprimento de Preceitos Fundamentais contra a decisão judicial que homologou o pacto, Raquel Dodge lembra alguns pontos essenciais sobre o Ministério Público (MP) que podem pautar um necessário realinhamento da atuação da instituição com o marco institucional que a Constituição lhe atribui.”

Trecho do editorial do Estadão desta sexta-feira, 15.

Tudo o que sabemos sobre:

Editorial Estadão