Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Disparate com verba pública

Equipe BR Político

A pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu todas as decisões que autorizaram o pagamento de honorários advocatícios nos processos relativos a verbas complementares do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Trata-se de uma medida moralizadora, que evita uma manobra tramada para destinar a alguns advogados vultosas verbas que deveriam ser investidas em educação.

Trecho de editorial do Estadão desta terça-feira, 15.

Tudo o que sabemos sobre:

Editorial Estadão