Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: ‘Inflação de país sério’

Luiza Pollo

“Só uma surpresa muito ruim, talvez associada às incertezas políticas, poderá impedir novo corte dos juros em maio, na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Se os preços pagos pelas famílias continuarem evoluindo moderadamente, como até março, a taxa básica de juros deverá cair de 6,50% para 6,25% ao ano. Isso dará mais um impulso ao consumo, mais fôlego financeiro às empresas e alguma folga adicional ao Tesouro, reduzindo o custo de sua dívida. A inflação mensal diminuiu de 0,32% em fevereiro para 0,09% no mês passado.”

Trecho de editorial do Estadão desta quinta-feira, 12.

Tudo o que sabemos sobre:

Inflação