Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Luzes para a segurança pública

Equipe BR Político

“O País gasta 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em segurança pública – porcentual próximo à mediana dos países da OCDE –, mas os recursos são mal alocados. O alerta é do economista e pesquisador Daniel Cerqueira, que coordenou o Atlas da Violência – Retrato dos Municípios, estudo lançado recentemente pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ao notar, em entrevista ao Estado, que o orçamento destinado à segurança pública dobrou nos últimos 15 anos, Daniel Cerqueira afirmou que “o dinheiro foi gasto em ações que não geram redução do crime. (…) Jogamos dinheiro fora num modelo falido”.

Após analisar 310 municípios com mais de 100 mil habitantes, o Atlas da Violência – Retrato dos Municípios constatou aumento do número de mortes violentas no País. O crescimento foi especialmente acentuado nas Regiões Norte e Nordeste, influenciado, principalmente, pela guerra do narcotráfico, pela rota do fluxo das drogas e pelo mercado ilícito de madeira nas zonas rurais. Os dados referem-se ao ano de 2017.”, diz trecho de editorial do Estado desta quinta-feira, 15.

Tudo o que sabemos sobre:

OCDEsegurança pública