Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Mais retórica do que números

Equipe BR Político

“Em sua nova aposta, o governo aponta ‘aumento de confiança, expansão do crédito, redução dos juros de equilíbrio, criação de postos de trabalho e expectativa de aumento de produtividade’ como fatores importantes para impulsionar a expansão em 2020. A linguagem é otimista, mas as novas projeções oficiais pouco diferem daquelas publicadas em setembro. (…) A grande transformação estrutural – a substituição progressiva do setor público pelo setor privado como grande motor da economia – também é de alcance por enquanto duvidoso. (…) Não será um excesso de retórica em torno de algumas obviedades? Afinal, o setor público está quase quebrado, o que exige severo aperto de cinto, e qualquer dinamismo só pode vir mesmo dos negócios privados. Além disso, o encolhimento da ação pública tem ocorrido, em grande parte, pela redução de gastos importantes para o crescimento econômico e para o bem-estar da população.”

Trechos de editorial do Estadão deste domingo (10).