Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Novos ventos no Uruguai

Equipe BR Político

“Ações presidenciais uruguaias de Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, sobre Daniel Martínez, da Frente Ampla, põe fim a 15 anos de hegemonia da esquerda no país.

O atual presidente, Tabaré Vázquez, foi eleito para seu primeiro mandato em 2004, após duas décadas de governo de dois partidos tradicionais de centro-direita, o Partido Nacional e o Colorado. Os resultados da coalizão socialista, que reuniu de comunistas a social-democratas e democratas-cristãos, foram expressivos. Desde 2005, a pobreza caiu de 40% para 8% e o salário mínimo aumentou 55%. Entre 2003 e 2018 o país cresceu em média 4% ao ano e o PIB por habitante foi multiplicado por cinco. Além disso, entre os dois mandatos de Vázquez (2005-2010 e 2016-2019), o ex-guerrilheiro José “Pepe” Mujica (2010-2015), que chegou a ter 83% de aprovação, promulgou uma série de leis caras à esquerda, como a legalização do casamento gay, do aborto e da maconha.”

Trecho de editorial do Estadão neste sábado, 30.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Tabaré VázquezUruguai