Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Pacto de mediocridade

Equipe BR Político

“O caso envolvendo um ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, cuja conta bancária apresentou movimentação “atípica” de R$ 1,2 milhão, está muito longe de ser um escândalo nas proporções às quais os brasileiros infelizmente se acostumaram nos últimos anos. A importância desse episódio está justamente no fato de que joga luz em uma prática comezinha no Legislativo: servidores que devolvem parte de seus salários para os parlamentares que os empregaram”, diz trecho de editorial do Estadão nesta segunda, 17.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio Bolsonaro