Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Terraplanismo fiscal

Equipe BR Político

“A demora do Brasil em reencontrar o caminho do crescimento econômico e da geração de empregos tem estimulado a retomada de um debate que, para o bem do País, já deveria estar morto e enterrado. Acadêmicos e políticos vêm se sentindo à vontade para sugerir que o problema do esquálido desempenho da economia se deve à austeridade fiscal – ou seja, bastaria abrir as burras do Tesouro para o Brasil retomar o crescimento.

Esse tipo de pensamento mágico dominou a era lulopetista, marcada pelo bordão “gasto é vida”, que definiu de forma indelével a passagem de Dilma Rousseff pela Presidência. Dois anos de recessão causados pelo desvario daquele governo deveriam ter servido para desmoralizar de vez qualquer um que ousasse receitar o veneno da gastança como remédio para as dores do baixo crescimento brasileiro”. Trecho de editorial do Estadão deste domingo, 6.

Tudo o que sabemos sobre:

Editorial Estadão