Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Todos contra o mosquito

Equipe BR Político

“Há décadas o País convive com o Aedes aegypti, inseto transmissor da dengue. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o Brasil é um dos 30 países que mais sofrem com este “desastre silencioso”. Agora, após dois anos de relativa retração, o mosquito voltou a se proliferar pelo País. O caso é especialmente alarmante, primeiro, porque o verão se aproxima, depois, porque desde os anos 2014 e 2015, quando a incidência da dengue atingiu o nível de epidemia em diversos Estados, o Aedes foi identificado como transmissor também da febre chikungunya e do zika vírus, que pode causar microcefalia em bebês.

Segundo o Ministério da Saúde, houve aumento nas incidências das três doenças. Entre janeiro e agosto os casos de zika aumentaram 47% em relação ao mesmo período do ano passado, com surtos especialmente intensos no Tocantins, Rio Grande do Norte e Alagoas. Já os casos de chikungunya subiram 44%, avançando sobretudo no Rio de Janeiro.”

Diz trecho de editorial do Estadão desta quinta-feira, 12.

Tudo o que sabemos sobre:

zika