Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A Opinião do Estadão: Turismo Inexpressivo

Equipe BR Político

“O Brasil recebeu 6,62 milhões de visitantes estrangeiros em 2018, praticamente o mesmo número registrado pela Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (UNWTO, na sigla em inglês) nos últimos três anos, o que indica uma estagnação da procura pelo País como destino turístico internacional. Para dar uma ideia do quão inexpressivo é este número tendo em vista as potencialidades turísticas de um país como o Brasil, apenas uma das atrações de Paris, o Museu do Louvre, foi visitada por 10,2 milhões de pessoas naquele mesmo ano, sendo 7,6 milhões estrangeiros. A França é o destino mais procurado por turistas estrangeiros (89 milhões de pessoas por ano, aproximadamente).

Na região, o Brasil recebeu menos turistas do que a Argentina (6,94 milhões de desembarques internacionais em 2018). Visitam o País menos estrangeiros do que os que procuram o Irã (7,29 milhões) e a Ucrânia (14,20 milhões). Os três países decerto têm grande riqueza cultural e uma vasta oferta de atrações turísticas, algumas delas históricas, como no caso do Irã, mas igualmente as tem o Brasil. As razões pelas quais aqui desembarcam menos turistas do que nos países citados, entre muitos outros, são bem conhecidas. Nebulosas são as ações do Ministério do Turismo para alterar esse quadro vergonhoso para um país com clima favorável o ano inteiro, variedade cultural riquíssima, belezas naturais incomparáveis e povo acolhedor como o brasileiro”. Trecho de editorial do Estadão deste domingo, 5 de janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:

Editorial Estadão