Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A política ambiental e suas consequências

Equipe BR Político

Dois artigos publicados neste domingo pela Folha jogam luz sobre a atual crise envolvendo o aumento do desmatamento e das queimadas na Amazônia. Maurício Tuffani, editor do site Direto da Ciência, traça uma detalhada cronologia de medidas administrativas tomadas pelo presidente e pelo ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente), como as críticas de ambos ao Inpe, a controvérsia que levou Noruega e Alemanha a suspenderem os repasses para o Fundo Amazônia e a falta de providência diante de alerta do Ministério Público para um plano de realizar o “Dia do Fogo”, antes do pico de queimadas.

No outro texto, o economista Ricardo Abramovay mostra que a exploração sustentável dos recursos naturais da Amazônia  seria mais lucrativa que o extrativismo primitivo defendido por Bolsonaro, como o garimpo em terras indígenas. “O dilema entre crescimento econômico e redução de emissões está sendo enfrentado (embora não resolvido, longe disso) por meio de ciência e tecnologia”, escreve.