Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A reaproximação de Bolsonaro com Caiado

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Quem apostou que o suposto rompimento político do governador Ronaldo Caiado (DEM) com o presidente Jair Bolsonaro viraria água pode ter acertado. O chefe do Planalto tem prevista uma agenda comum com o goiano durante a visita marcada para hoje a um hospital de campanha no município goiano de Águas Lindas. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), com quem protagoniza uma guerra fria com Bolsonaro sobre a condução do enfrentamento à covid-19, também acompanhará a agenda.

Como você já leu aqui no BRP, Caiado falou manso do presidente em entrevista ao Roda Viva no último dia 6, dizendo acreditar que, de agora em diante, Bolsonaro vai moderar o temperamento explosivo. Ele contemporizou até quanto aos efeitos da retórica de aliados de Bolsonaro anti-China para o agronegócio, principal setor econômico de seu Estado e aquele do qual o próprio governador é oriundo. Afirmou que não podem ser declarações de algumas pessoas, que não representam o governo, que vão ditar retaliações da China ao Brasil. Para o governador goiano, é “inadmissível” politizar uma pandemia. Por outro lado, Bolsonaro tenta mostrar que não ficou isolado politicamente depois de iniciar a batalha contra governadores que recomendam isolamento social.

Tudo o que sabemos sobre:

Ronaldo CaiadoJair Bolsonarocovi-19