Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘A tempestade perfeita’

Equipe BR Político

Uma combinação entre crise econômica e escândalos de corrupção explica, em parte, a descrença na democracia. A avaliação é do cientista político e professor de Harvard (EUA) Steven Levitsky, um dos autores do best-seller Como as Democracias Morrem. “O Brasil é muito fácil de explicar. O País vivenciou a tempestade perfeita nos últimos cinco anos: uma crise econômica terrível combinada com escândalos massivos de corrupção e altos níveis de violência e criminalidade”, disse.

Em entrevista ao Estadão, Levitsky falou também sobre o surgimento de líderes autoritários e como é possível consertar o problema, já que o descontentamento com o funcionamento da democracia e o crescimento do radicalismo político se tornaram fenômenos globais. “É sempre um risco ter na Presidência da República alguém que não é totalmente comprometido com os valores democráticos. É um perigo que os EUA e o Brasil enfrentam hoje”, afirmou.