Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

A vez do nonsense

Marcelo de Moraes

A sequência de declarações polêmicas de Jair Bolsonaro nos últimos dias causou a impressão de estarmos num momento de “nonsense” na visão de Eliane Cantanhêde na sua coluna deste domingo no Estadão.

“Por onde começar? A fome no Brasil é uma “grande mentira”, a tortura da Miriam Leitão também, o desmatamento idem. E temos “filtro cultural”, o “programa” do FGTS, a multa de 40%, os governadores “paraíba”, “vou beneficiar meu filho, sim”, a embaixada nos EUA como filé mignon e, além da fritura de hambúrguer, a entrega de pizza… Ufa! Sempre muito inspirado, o presidente Jair Bolsonaro se suplantou na semana passada. O Brasil amanheceu no sábado de ressaca”, escreve Eliane.

 

Tudo o que sabemos sobre:

BolsonaroEliane Cantanhêde