Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

ABI diz que Bolsonaro mentiu em discurso na ONU

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) reagiu na noite de terça-feira, 22, ao discurso feito pelo presidente Jair Bolsonaro, ontem, na abertura da 75ª Assembleia-Geral da ONU. Em nota, a entidade afirma que Bolsonaro mentiu e contribuiu para que o Brasil “caminhe para se tornar um pária internacional”.

Presidente Jiar Boslonaro em discurso na 75ª Assembleia-Geral da ONU. Foto: Reprodução

“Sem qualquer compromisso com a verdade, o presidente afirmou que seu governo pagou um auxílio emergencial no valor de mil dólares para 65 milhões de brasileiros carentes, durante a pandemia. O auxílio foi de 600 reais. Bolsonaro mentiu”, afirma a nota, assinada pelo presidente da ABI, Paulo Jeronimo.

E segue: “O presidente responsabilizou índios e caboclos pelos incêndios na Amazônia e no Pantanal, que alcançam níveis nunca antes vistos no País. Todas as investigações, inclusive de órgãos oficiais, indicam que fazendeiros estão na origem das queimadas. Como se vê, de novo, Bolsonaro mentiu”, aponta.

“O presidente transferiu a responsabilidade para governadores e prefeitos pelos quase 140 mil mortos vítimas do coronavírus. Todo o País é testemunha de sua leviandade, ao classificar a pandemia de ‘gripezinha’ e ir na contramão dos procedimentos defendidos pelas autoridades de saúde”, afirma a nota, concluindo: “A ABI repudia esse comportamento que vem se tornando recorrente e conclama o povo brasileiro a não aceitar o verdadeiro retrocesso civilizatório”.

Tudo o que sabemos sobre:

ABIJair BolsonaroONUmentiu