Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Acesso a dados na Receita durante calendário eleitoral

Equipe BR Político

Os acessos ilegais aos dados confidenciais do presidente Jair Bolsonaro foram feitos pelos dois servidores da Receita Federal em períodos que coincidem com datas importantes do calendário eleitoral, disse neste sábado ao Estadão/Broadcast o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, informa o Estadão.

Os acessos aos dados foram feitos em datas próximas a convenções de partidos, no início do segundo turno e logo depois do resultado das eleições, entre outros períodos. A Polícia Federal foi acionada no fim de janeiro e, segundo apurou o Estado, está agora investigando a dimensão dos acessos e que dados os servidores, ambos administrativos, conseguiram levantar. Na quinta-feira, os policiais apreenderam computadores e ouviram os servidores. A operação está em andamento e o sigilo foi redobrado.

Tudo o que sabemos sobre:

receitaBolsonaro