Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Advogado de Flávio tentará reverter quebra de sigilo no colegiado do TJ-RJ

Equipe BR Político

Após o desembargador Antônio Amado negar liminar dos advogados do senador Flávio Bolsonaro para suspender a quebra de sigilo fiscal e bancário do parlamentar, o advogado Frederick Wassef, que defende o filho do presidente, emitiu uma nota afirmando que seu cliente “continua sofrendo com os permanentes vazamentos de informações de processo que tramita em segredo de justiça com o objetivo de atacar sua imagem e reputação” e afirmando ainda confiar que a decisão será revertida com análise de mérito pelo colegiado do Tribunal de Justiça do Rio.

“Confiamos no Poder Judiciário e temos convicção que após análise mais aprofundada do mérito do referido habeas corpus pelo Colegiado a Lei será cumprida e os exageros e arbitrariedades serão revistos”, afirmou. “Em realidade, meu cliente Flávio Bolsonaro teve seu sigilo bancário e fiscal quebrado de forma ilegal e arbitrária sem autorização do Poder Judiciário desde o ano passado. Tentam agora, maquiar de legalidade os atos ilegais e arbitrários que passaram por cima dos direitos constitucionais de Flávio Bolsonaro, querendo pedir hoje a justiça autorização que deveriam ter pedido no ano passado quando já tinham acesso a todos os dados sigilosos financeiros de meu cliente.”