Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Advogados de agressor usaram avião privado

José Fucs

Em mais um episódio nebuloso do atentado ao presidenciável Jair Bolsonaro, os advogados Zanone Manuel de Oliveira Júnior e Fernando Costa Oliveira Magalhães, integrantes da defesa de Adelio Bispo de Oliveira, o autor do crime, viajaram às pressas de Belo Horizonte a Juiz de Fora, em avião particular, para atendê-lo já no dia seguinte ao ataque, antes de ele ser transferido para um presídio federal em Mato Grosso do Sul.

Segundo reportagem do jornal Estado de Minas,  a defesa de Adelio é paga, de acordo com os próprios advogados, por uma congregação religiosa de Montes Claros, no Norte de Minas. Eles não revelaram, porém, o nome da igreja. Os dois advogados fazem parte de um grupo de quatro profissionais que defendem Adelio. / J.F.