Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Agência europeia aprova uso emergencial de vacina da Moderna

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou nesta quarta, 6, o uso emergencial da vacina contra a covid-19 produzida pela farmacêutica norte-americana Moderna. No último dia de 2020, o presidente Jair Bolsonaro afirmou em sua live que o Brasil poderia comprar doses do imunizante. “Além da Pfizer, temos uma outra agora que se apresenta no momento, a Moderna, que poderá ser adquirida pelo Brasil”, afirmou na época.

Testes clínicos apontaram eficácia de 94,1% da vacina, que está autorizada para uso nos Estados Unidos, desde 18 de dezembro, e no Canadá.

Vacina da Moderna está autorizada para uso nos Estados Unidos e no Canadá. Foto: Eduardo Munoz/Reuters

No Brasil, a Moderna assinou um memorando de entendimento não vinculante com o Ministério da Saúde para aquisição do imunizante, podendo sofrer alterações de cronograma e quantidade de doses. Nos Estados Unidos, a farmacêutica espera entregar de 85 milhões a 100 milhões das 125 milhões de doses previstas para distribuição no mundo no primeiro trimestre de 2021.

Tudo o que sabemos sobre:

vacinaModernaEMA