Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

AGU pede que STF reveja decisão sobre vídeo de reunião

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Pelas redes sociais, o ex-ministro Sérgio Moro revelou que, por meio da Advocacia-Geral da União, o presidente Jair Bolsonaro pediu ao Supremo Tribunal Federal rever a determinação de que o vídeo da reunião ministerial seja entregue. “(A União) vem respeitosamente rogar para que seja avaliada a possibilidade de entrega de cópia de eventuais registros audiovisuais de reunião presidencial”, diz o trecho destacado por Moro.

Plenário do STF

Plenário do STF Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Em depoimento na PF, Moro afirmou que foi neste encontro que Bolsonaro cobrou a substituição do superintendente da Polícia Federal do Rio. E ameaçou, caso a mudança não fosse feita, trocar o diretor-geral da PF e o próprio ministro da Justiça, fato que acabou acontecendo. O advogado-geral da União, José Levi, justificou o pedido afirmando que foram tratados no encontro “assuntos potencialmente sensível e reservados ao Estado”.