Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Filho de exilado, Maia classifica declaração sobre AI-5 como ‘repugnante’

Equipe BR Político

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), classificou como “repugnantes” a declaração do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, sobre sobre a possibilidade de um novo AI-5 como resposta a uma suposta “radicalização” da esquerda.

“Manifestações como a do senhor Eduardo Bolsonaro são repugnantes, do ponto de vista democrático, e têm de ser repelidas como toda a indignação possível pelas instituições brasileiras”, afirmou o presidente da Câmara em nota oficial.

O pai de Rodrigo Maia, o ex-prefeito do Rio Cesar Maia, esteve exilado no Chile durante o período da ditadura militar.

O parlamentar afirmou ainda que “a apologia reiterada a instrumentos da ditadura é passível de punição pelas ferramentas que detêm as instituições democráticas brasileiras”.