Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ministro de Minas e Energia nega rumores de demissão

Equipe BR Político

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou nesta segunda-feira, 16, que ficou surpreso com especulações de que estava para ser demitido pelo presidente Jair Bolsonaro. Segundo o Broadcast Político, o ministro negou tal possibilidade, e disse que o presidente nunca mostrou sinais de que estava insatisfeito com seu desempenho na pasta. “Quem tem que gostar ou não do meu trabalho é o presidente da República, e em relação a isso ele nunca manifestou nenhum desagrado em relação ao trabalho que a gente vem conduzindo”, disse.

Segundo ele, seu trabalho à frente do ministério lhe rendeu reconhecimento dentro do setor de energia. “As manifestações que recebo são no sentido contrário”, afirmou. Ele também ressaltou que a pasta mantém diálogo com outros setores e com o Congresso Nacional desde o início de sua gestão. “Tudo é feito com bastante diálogo, transparência, participação. Isso não quer dizer que não possa haver quem não esteja satisfeito, mas há espaço, se há insatisfação, para apresentarem suas contribuições ou insatisfações para que a gente possa fazer eventualmente as correções”.

Na semana passada, reportagem da Folha afirmou que o ministro estava sob pressão, e que o governo poderia substituir Albuquerque. As queixas partiriam de parlamentares, que estariam insatisfeitos com suposta falta de interlocução com o ministro.