Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Alcolumbre adia votação de autonomia do BC

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), adiou nesta quarta-feira, 21, a votação do projeto de autonomia do Banco Central para o dia 3 de novembro. A votação estava prevista para ocorrer hoje, mas não houve acordo entre líderes, segundo o presidente da Casa.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, na sessão de hoje

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, na sessão de hoje Foto: Pedro França/Agência Senado

“Havia o encaminhamento de votar hoje três projetos. Só que o líder do PT fez um compromisso de que votaria [a proposta do BC] desde que nós votássemos também o projeto de lei dos depósitos voluntários. Era uma conciliação. Isso era o que estava construído. Qual o impasse? O impasse é que vários líderes entenderam que só daria para votar hoje a autonomia do Banco Central. Cinco líderes se manifestaram favoravelmente à votação e cinco contra. Como presidente eu tenho que decidir. Vou colocar os projetos na pauta do dia 3 de novembro e quem quiser votar sim, vota sim. Quem quiser votar não, vota não”, disse Alcolumbre.

Além do projeto do BC, estava no radar a proposta para autorizar o acolhimento de depósitos voluntários de instituições financeiras pela autoridade monetária, centro da divergência que impediu a votação de hoje.