Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Alcolumbre pede que PF e MPF apurem incêndio que causou apagão no Amapá

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-RJ), informou nesta quinta-feira, 12, que vai pedir à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público Federal (MPF) que apurem as causas do incêndio na subestação de energia que provocou apagão que já dura mais de uma semana no Amapá. O incidente ocorreu na noite de 3 de novembro.

Em nota, o senador amapaense informou que um laudo preliminar da Polícia Civil aponta que aparentemente não foi um raio que causou o incêndio, contrariando as informações anteriores. “Os culpados serão punidos dentro do rigor da lei. O que busquei todos os dias e ainda busco é o restabelecimento da energia”, disse o parlamentar.

A solicitação ocorre na esteira da decisão do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, de adiar as eleições para prefeito e vereador em Macapá após ouvir a PF, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e o Exército.