Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Alemanha nega acordo anunciado por Salles

Equipe BR Político

A Embaixada da Alemanha negou que o governo alemão tenha dado aval às novas tratativas apresentadas pelo Ministério do Meio Ambiente do Brasil ao país europeu sobre a reformulação do Fundo Amazônia, destaca O Globo. “A Embaixada da Alemanha recebe com espanto as declarações sobre o Fundo Amazônia veiculadas nestes últimos dias (…) A Embaixada recebeu no início desta semana uma proposta formal do BNDES para reformular o Fundo Amazônia, autorizada, segundo o BNDES, pelo ministro Salles. Esta proposta está em avaliação e a Alemanha não comentou o assunto até o momento com o lado brasileiro. A avaliação será realizada em estreita cooperação com a Noruega”, afirmou em nota à publicação. A Noruega é responsável pela maior parte dos aportes do tal fundo.

Não é a primeira vez que o governo brasileiro é confrontado pela Alemanha em questão ambiental. Em agosto, o presidente Jair Bolsonaro mandou o país europeu plantar coquinho após eles anunciarem o congelamento de financiamento a programas ambientais aplicados ao bioma brasileiro. “Pode fazer bom uso dessa grana, o Brasil não precisa disso”, disse à época o presidente. “Se o presidente não quer isso no momento, então precisamos conversar. Eu não posso simplesmente ficar dando dinheiro enquanto continuam desmatando”, respondeu a ministra do Meio Ambiente alemã, Svenja Schulze, à Deutsche Welle. No mês seguinte, o titular do Meio Ambiente tentou destravar o dinheiro, mas sem êxito. Nesta semana, o ministro Ricardo Salles afirmou ao Valor que os alemães haviam “topado” o novo conteúdo do acordo.

Tudo o que sabemos sobre:

Fundo AmazôniaRicardo SallesAlemanhabndes