Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Alesp aprova redução de salários

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou na noite de quinta-feira, 30,  o projeto de lei que prevê a redução de gastos na Casa e a destinação de R$ 320 milhões em economias ao combate à pandemia do novo coronavírus.

A proposta tramitou em regime de urgência na Casa e passa a valer a partir desta sexta-feira, 1, e vai reduzir em 30% os salários dos deputados, em 40% a verba mensal destinada a gastos do mandato e em até 20% os salários e benefícios de cargos comissionados, de forma escalonada.

A lei, que foi aprovada em sessão virtual, também prevê corte de 20% no valor do vale-refeição, suspensão do pagamento da licença-prêmio em dinheiro, além do repasse de 80% do fundo de despesas da assembleia a uma conta especial vinculada ao Tesouro

Segundo o presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), o valor representa 25% do Orçamento do Poder Legislativo para 2020. Segundo Macris: “temos responsabilidade com a população de São Paulo e demos nossa contribuição para o combate ao covid-19”, disse.

Tudo o que sabemos sobre:

Alespreduçãosalário