Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Álvaro Antônio encontra clima ‘solidário’ no Senado

Equipe BR Político

O ministro Marcelo Álvaro Antônio (PSL) recebeu no início desta manhã de terça, 22, um tratamento solidário de senadores presentes na sessão da Comissão de Fiscalização e Controle do Senado, que o convocou para falar das suspeitas de desvio de recurso eleitoral por meio de candidaturas de fachada na eleição de 2018. Weverton (PDT-MA) afirmou que o titular do Turismo é apenas vítima de um sistema eleitoral que precisa ser reformado. Ele citou o que chamou de “desespero para achar militante” mulher nas campanhas eleitorais.

O tucano Izalci Lucas (DF) afirmou que “isso de acusar candidaturas laranjas foi em todo o Brasil”, o que, segundo ele, seria preciso que a comissão convocasse todos os partidos de todos os Estados. Ângelo Coronel (PSD-BA) disse que Álvaro Antônio foi indiciado e denunciado pelo Ministério Público por ter “cara de franzino”. Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Fabiano Contarato (Rede-ES) foram mais incisivos, mas, amenizaram o tom à medida em que o ministro desmontava a tese das acusações das candidatas de fachada.