Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Crítica de Alvaro Dias ao BC ‘some’ no Twitter

José Fucs

Depois de defender a “greve” dos caminhoneiros, o senador Alvaro Dias (Podemos-PR), pré-candidato à Presidência, usou a sua conta no Twitter para criticar a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, de manter a taxa básica (Selic) em 6,5% ao ano. Mas, nesta quinta-feira, 21, diante da repercussão negativa do comentário, Dias deletou a publicação (confira o post original abaixo).

“O Banco Central, infelizmente, manteve a Selic em 6,5%”, afirmou. “Há espaço para uma redução progressiva para derrubar essa taxa até 4%. O BC, entretanto, em hora errada, assume uma postura conservadora.” / José Fucs

Tudo o que sabemos sobre:

Banco Centralalvaro diasPodemosjuros