Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Amazonas flexibiliza medidas restritivas após protestos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador do Amazonas, Wilson Lima, decidiu flexibilizar as medidas restritivas impostas no Estado para conter a propagação do coronavírus. Após protestos contra o fechamento dos comércios, ele anunciou que a partir da próxima segunda-feira, 28, lojas, bares, restaurantes e outros estabelecimentos poderão funcionar com restrições.

Por exemplo, só haverá comércio aberto durante a semana e com horário restrito. Aos finais de semana, apenas lojas e restaurantes com modalidade delivery ou drive-tru. O decreto anterior, que passou a valer no último sábado, 26, obrigava o fechamento de todas as atividades não essenciais pelos próximos 15 dias. Manifestações contra a decisão cercaram a casa do governador e houve confronto com a polícia.

Tudo o que sabemos sobre:

Amazonascoronavírus