Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ameaça e ‘sacanagem’ no mensalinho do Twitter

Vera Magalhães

A empresária Joyce Moreira Falete, dona da agência Lajoy, diz ter sido ameaçada e “sacaneada” no episódio que ficou conhecido como mensalinho do Twitter, em que uma rede de agências contratou influenciadores digitais para impulsionar de forma irregular postagens favoráveis a políticos do PT nas eleições deste ano. Ela diz ter sido contratada para encontrar influenciadores ligados à causa LGBT, mas que o contrato foi  desvirtuado depois. “Foi ameaça, abuso de poder, muita pressão, querendo colocar outra função”, disse ela à Folha.

Joyce diz ter sido enganada pelo deputado estadual Miguel Corrêa (PT-MG), candidato derrotado ao Senado. Em depoimento em setembro, ela disse ao Ministério Público que o pagamento aos influenciadores variava de R$ 1.500 a R$ 6.000. Ela teria indicado 70 pessoas para a equipe de Corrêa.