Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

ANJ: ‘As insinuações do presidente buscam confundir a opinião pública’

Equipe BR Político

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) protestou nesta terça-feira, 18, contra as declarações que considerou “lamentáveis” do presidente Jair Bolsonaro sobre a repórter Patrícia Campos Mello, da Folha. Segundo a entidade, Bolsonaro busca “desqualificar o livre e exercício do jornalismo”. Na manhã desta terça-feira, 18, o presidente disse que a repórter “queria dar o furo a qualquer preço contra mim”. As declarações foram feitas em frente ao Palácio da Alvorada.

“A ANJ protesta contra as lamentáveis declarações do presidente Jair Bolsonaro ao ecoar ofensas contra a repórter Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S. Paulo. As insinuações do presidente buscam desqualificar o livre e exercício do jornalismo e confundir a opinião pública. Como infelizmente tem acontecido reiteradas vezes, o presidente se aproveita da presença de uma claque para atacar jornalistas, cujo trabalho é essencial para a sociedade e a preservação da democracia”, diz o texto.

Tudo o que sabemos sobre:

ANJJair BolsonaroPatrícia Campos Mello