Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Anúncio de novas regras para o FGTS pode sair na quarta

Marcelo de Moraes

Depois de adiar, na semana passada, o anúncio das novas regras para saque de contas ativas do FGTS, o governo deve bater seu martelo sobre o futuro formato na próxima quarta. Jair Bolsonaro disse hoje que essa é a previsão para que a decisão seja feita. Segundo a repórter Mariana Haubert, do Broadcast, o governo poderá rever no futuro o porcentual da multa do FGTS paga ao empregado demitido sem justa causa. Hoje, o pagamento é de 40% e existe polêmica se esse porcentual pode ser revisto ou não já que o Fundo está incluído na Constituição, mas o valor da multa não é especificado.

“O valor não está na Constituição, mas o FGTS está no artigo 7º, acho que o valor é uma lei, vamos pensar lá na frente. Mas antes disso a gente tem que ganhar a guerra da informação, eu não quero manchete amanhã dizendo ‘o presidente está estudando reduzir o valor da multa’. O que eu estou tentando levar para o trabalhador é o seguinte: menos direitos e emprego. Todos os direitos e desemprego”, afirmou o presidente, segundo o Broadcast.

 

Tudo o que sabemos sobre:

FGTS