Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Anvisa vai reclassificar agrotóxicos

Equipe BR Político

A Anvisa aprovou nesta terça-feira, 23, o novo marco legal para avaliação dos riscos à saúde vinculados a agrotóxicos. A partir de agora, na classificação dos produtos, a agência vai adotar novos critérios e usar apenas estudos de mortalidade e toxicidade aguda, ou seja, nos casos em que o contato traz risco de morte ou outros danos imediatos à saúde. Com as novas regras, duas categorias de classificação foram incluídas, as quais visam indicar se um produto é “improvável de causar dano agudo” ou se é “não classificado” (ou seja, tem baixa toxicidade).

A mudança pode fazer com que agrotóxicos hoje classificados como “extremamente tóxicos” passem a ser incluídos em categorias mais baixas, como “moderadamente tóxicos”, pouco tóxicos ou com dano agudo improvável à saúde. Atualmente, um agrotóxico é classificado em quatro categorias: extremamente tóxico, altamente tóxico, moderadamente tóxico e pouco tóxico. A classificação, hoje, leva em conta estudos de mortalidade em diferentes tipos de exposição ao produto e o resultado tido como “mais restritivo” em testes de irritação dos olhos e da pele.

Tudo o que sabemos sobre:

anvisareclassificarAgrotóxicos