Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Apenas 11 partidos estão aptos a receber fundo eleitoral

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A menos de três meses do primeiro turno das eleições municipais, apenas um terço dos 33 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estão aptos a receber recursos do fundo eleitoral para o pleito de 2020.

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Dos R$ 2,03 bilhões que serão disponibilizados pelo Tesouro Nacional para este fim, R$ 797,6 milhões, o que corresponde a 39,20% do total, serão destinados às 11 legendas.

Segundo a corte eleitoral, os seguintes partidos já cumpriram todas as exigências e estão aptos a receber a sua fatia do fundo: PSL (R$ 199,4 milhões); PSD (R$ 138,8 milhões); PSDB (R$ 130,4 milhões); PL (R$ 117,6 milhões); PTB (R$ 46,6 milhões); Solidariedade (R$ 46 milhões); Patriota (R$ 35,1 milhões); PSC (R$ 33,2 milhões); Rede (R$ 28,4 milhões); PV (R$ 20,4 milhões); e PMB (R$ 1,2 milhão).

Outros quatro partidos já encaminharam as petições com os critérios TSE, no entanto, os documentos ainda estão em fase de análise. São eles: PP (R$ 140,6 milhões), Republicanos (R$ 100,6 milhões), DEM (R$ 120,8 milhões), e DC (R$ 4 milhões).

Tudo o que sabemos sobre:

TSEpartidosFundo Eleitoral