Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Apenas sete bolsonaristas votaram contra Fundeb

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Foram registrados apenas sete votos contrários a PEC que transforma o Fundeb em permanente. E foram sete votos de deputados bolsonaristas. Votaram contra: Bia Kicis (PSL-DF), Chris Tonietto (PSL-RJ), Filipe Barros (PSL-PR), Junio Amaral (PSL-MG), Luiz P. O. Bragança (PSL-SP), Márcio Labre (PSL-RJ) e Paulo Martins (PSC-PR).

Nesta terça-feira, 21, antes da votação, parte da militância presidencial tentou emplacar uma hashtag nas redes sociais: #FundebNão. A alegação era de que não falta dinheiro para Educação brasileira e sim uma melhor gestão. Nem mesmo o filho do presidente Jair Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), comprou a ideia e votou “sim” pela aprovação do texto da relatora Professora Dorinha (DEM-TO) em primeiro turno. Outros nomes do bolsonarismo, como a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) e Carlos Jordy (PSL-RJ), também votaram pela aprovação do texto, assim como o líder do governo, Vítor Hugo (PSL-GO).

Tudo o que sabemos sobre:

fundebJair Bolsonaro