Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Após 100 dias de óleo, governo faz 1ª reunião com cientistas

Equipe BR Político

Aproximadamente cem pesquisadores participaram de um encontro promovido pelo governo federal para debater o vazamento do óleo que atinge o litoral de 11 Estados desde o dia 30 de agosto. Desde que as primeiras manchas foram identificadas, esta é a primeira reunião do Planalto com cientistas. O encontro ocorreu na Escola de Guerra Naval, no Rio de Janeiro, entre os dias 6 e 8 de dezembro.

Segundo o Globo, os cientistas serão divididos em sete grupos de trabalho, e decidirão quais são as prioridades para lidar com a crise. Os sete grupos cuidarão de temas como sensoriamento remoto, impacto socioeconômico e conservação dos mangues atingidos pelo óleo.

Como você leu no BRP, a Marinha considera que a crise do óleo está estabilizada. No dia 29 de novembro, o coordenador operacional do grupo de acompanhamento e avaliação da Marinha, almirante Marcelo Francisco Campos, afirmou que há 19 dias não surgiam novas manchas na costa brasileira. No entanto, ainda não se sabe se mais óleo pode chegar ao litoral, por isso equipes de monitoramento serão mantidas em alerta.

Tudo o que sabemos sobre:

crise do óleoGoverno federalóleo