Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Após atentado contra indígenas, Força Nacional vai atuar no Maranhão

Equipe BR Político

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, confirmou o envio da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) para auxiliar a Funai na proteção dos índios guajajara, no Maranhão, após o atentado que matou dois indígenas da etnia. Por meio de uma portaria eletrônica, assinada no início da tarde desta segunda-feira, 9, Moro autorizou o uso da Força Nacional “em caráter episódico e planejado, por 90 (noventa) dias, a contar de 10 de dezembro de 2019 a 8 de março de 2020”.

Segundo o documento, a ação tem como objetivo “garantir a integridade física e moral dos povos indígenas, dos servidores da Funai e dos não índios, na Terra Indígena Cana Brava Guajajara, no estado do Maranhão”. Pelo Twitter, o ministro afirmou também que a Polícia Federal irá investigar o assassinato dos indígenas.

Como você leu aqui no BRP, três indígenas foram mortos no último sábado, 7. Além dos dois indígenas Guajajara, um índio do povo Tuyuca tabém foi assassinado no Amazonas.