Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Após pressão popular, premiê do Líbano renuncia

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O primeiro-ministro do Líbano, Hassan Diab, renunciou ao cargo nesta segunda-feira, 10, após milhares de pessoas irem às ruas nos últimos dias exigindo uma responsabilização das autoridades públicas pela explosão que destruiu parte da zona portuária de Beirute no último dia 4 de agosto.

O ministro da saúde do Líbano (em pé) conversa com o primeiro-ministro Hassan Diab. Foto: REUTERS/Mohamed Azakir

O premiê anunciou a demissão de seu gabinete dizendo que as explosões no porto são culpa da corrupção endêmica do país. O acidente foi causada por 2.750 toneladas de materiais explosivos deixados por seis anos no principal porto do país, apesar dos repetidos avisos de segurança. A explosão matou 160 pessoas, feriu milhares e desabrigou centenas de milhares.