Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Após sinal verde da FDA, vacinação nos EUA deve começar na segunda

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

A agência americana que regula medicamentos e alimentos, a Food and Drug Administration (FDA), autorizou na sexta-feira, 11, o uso emergencial do imunizante contra covid-19 desenvolvido pela farmacêutica Pfizer e pelo laboratório BioNTech. Cerca de 2,9 milhões de doses começarão a ser distribuídas aos Estados americanos nas próximas 24 horas e a vacinação nos Estados Unidos contra covid-19 pode ter início na segunda-feira, 14, informa a correspondente Beatriz Bulla, do Estadão. Os EUA são o sexto país a aprovar o imunizante da Pfizer, junto ao Reino Unido, Bahrein, Canadá, Arábia Saudita e México.

Antes da vacinação, o Centro de Controle de Doenças (CDC) precisa dar a autorização final sobre os grupos a receberem a vacina. O órgão já expediu orientações sobre a ordem de vacinação dos americanos e o aval é considerado um passo meramente protocolar, previsto para acontecer neste domingo.

O presidente Donald Trump, que ainda hoje escreveu no Twitter que ele venceu as eleições presidenciais, comemorou o feito, um “milagre médico”, disse, mas não sem antes ter dito que a FDA é uma “tartaruga grande, velha e lenta” no manuseio de vacinas.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

EUAvacinaPfizerDonald Trump