Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Após suspensão do impeachment, Witzel quer ‘diálogo’ com Alerj

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após ter seu pedido atendido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e ver o processo de impeachment contra ele ser travado, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), disse nesta terça-feira, 28, que a hora é de “ampliar o diálogo” com a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel Foto: Wilton Junior/Estadão

Na noite de ontem, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, dissolveu a comissão especial da Alerj que conduzia o processo de impeachment contra o ex-juiz. Por causa da decisão, a Alerj terá que formar uma nova comissão especial. Desta vez, respeitando a proporcionalidade partidária.

“Após a decisão do STF, é hora de ampliar o diálogo com a Alerj pelo bem do povo do RJ. O estado precisa de união para voltar a crescer, gerar emprego e renda”, escreveu.

Tudo o que sabemos sobre:

Wilson WitzeldiálogoAlerjimpeachment