Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Aposentadoria dos militares aprovada em comissão da Câmara

Equipe BR Político

A Comissão Especial da Câmara que analisa a reforma dos militares aprovou o texto-base da proposta nesta quarta-feira, 23, após acordo com a oposição. A sessão chegou a ser interrompida duas vezes para que os deputados da comissão negociassem alterações no relatório elaborado pelo deputado Vinicius Carvalho (Republicanos-SP). A análise dos destaques será discutida na quinta-feira, 24.

Mesmo após as negociações, ainda há a chance de o texto ser votado em plenário pela Casa, caso seja apresentado um requerimento com 51 assinaturas. PSOL e PSB já afirmaram que pretendem trabalhar para coletar os vistos necessários. Já o PT afirma que não agirá para levar o texto a plenário, após um acordo firmado para beneficiar as patentes mais baixas das Forças Armadas. O presidente da comissão, deputado José Priante (MDB-PA), acredita que o projeto já está encaminhado. “A matéria está praticamente resolvida. Acho que a possibilidade de ir a plenário já foi maior”, afirmou, segundo o Broadcast Político.

O projeto do Executivo é criticado por parte dos militares por prever reajustes salariais muito maiores às altas patentes. Como você viu aqui no BRP, na terça-feira, 22, os praças – militares de baixa patente – lotaram o plenário da Comissão Especial, na tentativa de emplacar emenda que acaba com a diferenciação no reajuste.