Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Arábia Saudita põe mais lenha na fogueira

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Um dia após o príncipe saudita Mohammed bin Salman conversar com o presidente Donald Trump por telefone sobre a guerra dos preços do petróleo, a Arábia Saudita anunciou nesta terça, 10, que vai aumentar em 25% sua produção do produto para 12,3 milhões de barris por dia no próximo mês, informa a agência Bloomberg. Ontem, o país provocou uma queda de 30% no preço do barril após anunciar que aumentaria sua produção e reduziria seu preço em retaliação à recusa da Rússia em concordar com cortes na produção no momento em que a demanda pelo produto passa por redução com os estragos provocados pelo coronavírus. De acordo com cálculos da agência Reuters, o prejuízo dos membros da Opep nessa crise é de US$ 500 milhões por dia.

O príncipe da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman

O príncipe da Arábia Saudita, Mohammed Bin Salman Foto: Brendan Smialowski/AFP

Tudo o que sabemos sobre:

Arábia SauditaPetróleoprodução